Pular para o conteúdo
Estado selecionado: SPTrocar estado
Tecnologias para food service que você precisa conhecer
maio 31, 2021

As tecnologias para food service já estão revolucionando esse setor, oferecendo maior eficiência, qualidade e agilidade às operações.  

Mas, de que modo elas impactam a rotina dos estabelecimentos? Quais as que, realmente, merecem ser consideradas no momento de planejar o investimento em inovação?  

Estes e outros questionamentos são o foco deste artigo. Siga na leitura para entender como e quais as tecnologias para food service podem tornar sua rotina mais eficiente.  

A transformação digital no varejo alimentício  

A transformação digital que atingiu todos os setores, obviamente, chegou também ao varejo de alimentação.   

E foi acentuada com a chegada da pandemia, onde até mesmo o mais tradicional dos estabelecimentos precisou adaptar a operação para sobreviver.   

Ter um bom perfil nas principais redes sociais, um site com visual atrativo e conteúdo de qualidade, bem como facilidade para navegação, já era imprescindível.  

Mas passou a ter papel ainda mais importante com a chegada da pandemia e a mudança do perfil do consumidor.  

Segundo um estudo feito pela empresa McKinsey, agradar o consumidor no mundo pós-pandemia exige três prioridades básicas. São elas:   

  1. Ter excelência digital, ou seja, usar a tecnologia para food service que seja adequada para manter a comunicação entre marca e consumidor;  
  1. Interação segura, de preferência sem contato físico;  
  1. Receber um bom atendimento, incluindo agilidade e ofertas personalizadas, mediante seus hábitos de consumo.    

Também de acordo com o estudo, as pessoas querem sair de casa e manter suas interações sociais. Como ir a um restaurante e desfrutar de um delicioso almoço com a família, por exemplo.  

Porém, elas querem ter certeza de que estarão seguras nos ambientes e que não precisarão ter contato próximo com outras pessoas, como os colaboradores.  

Como atender essas necessidades? Com o uso da tecnologia para food service!  

Cardápios digitais, leitores de QR Code ajudam a atender sem grande proximidade, por exemplo.  Já equipamentos modernos para cozinha industrial garantem a qualidade e agilidade que o consumidor deseja, bem como, evitam contato direto com o alimento. Mais um ponto quando pensamos em saúde! 

Selecionamos três soluções que, efetivamente, vão colaborar para que seu empreendimento tenha melhores retornos. Confira!  

  1. QRCode- versátil tecnologia para food service   

Considerado como a evolução do código de barras, o QR Code é uma das mais versáteis tecnologias para food service.   

Com sua capacidade para armazenamento de dados e leitura por meio de câmera de smartphone, ele pode ser usado de muitas formas. Entre elas:  

  • Substituindo etiquetas de papel para informar ao consumidor dados dos alimentos, como prazo de validade ou ingredientes – importante para supermercado, por exemplo;  
  • Cardápios digitais, eliminando impressões, facilitando acesso ao conteúdo e alterações sempre que o cardápio mudar.  

O cardápio digital, cujo acesso fica vinculado ao leitor de QR Code da câmera dos celulares, pode ficar disponível também digitalmente. Assim, facilita o acesso remoto do cliente às opções do cardápio, ampliando seu alcance.  

Essa tecnologia para food service garante praticidade e sustentabilidade na operação. Além disso, agiliza o atendimento e torna o atendimento mais seguro, sem necessidade de contato próximo na hora de tirar o pedido.  

Aliás, essa necessidade de proteção é uma nova prioridade do consumidor – mesmo no pós-pandemia.  

  1. Software de Gestão – visão 360oda operação 

Quando pensamos em tecnologia para food service, os softwares de gestão ocupam papel essencial.  

Com a ferramenta adequada, o gestor tem uma visão geral do negócio e consegue tomar decisões assertivas, enxugar custos, realocar equipes.   

Também permite diminuir gargalos e facilitar a administração, sobretudo em um cenário de mudanças, como o atual.  

Outro desafio que essa tecnologia para food service soluciona é o gerenciamento inteligente de estoque, evitando desperdício ou falta de produtos.  

Esses softwares também são grandes aliados na gestão de pedidos, tornando o atendimento mais rápido e assertivo. Com poucos cliques, o garçom registra o pedido, chegando à cozinha de modo automatizado.  

Todas essas melhorias levam à redução de custos, melhor atendimento ao cliente e, claro, melhores resultados para o negócio.  

  1. Equipamentos inteligentes – tecnologia para foodserviceque eleva qualidade  

De nada adianta ter uma gestão alinhada, se a cozinha do estabelecimento não tem condições de operar com eficiência, rapidez e inteligência.  

Por isso, a tecnologia para food service que não pode faltar em uma cozinha industrial são os equipamentos inteligentes. Do preparo do café ao prato principal, bastam alguns cliques para garantir maior eficiência.  

Essas máquinas que acompanham e dão suporte para a evolução do negócio, são fáceis de serem utilizadas e permitem ganhos variados, entre eles:  

  • Maior produtividade, agilidade e qualidade, graças à automatização de parte dos processos, como controle do tempo de preparo. Assim, evita falhas e permite que os colaboradores foquem em outras tarefas;  
  • Praticidade e padronização, uma vez que o mesmo equipamento permite gravar receitas, ajudando a padronizar a produção dos pratos;  
  • Maior rendimento, em função da combinação de equipamentos como fornos, ultracongeladores, embaladoras, etc.;  
  • Evita desperdício com o uso de método Cook & Chill, que mantém as características nutricionais e sabores dos alimentos, evitando descarte;  
  • Gera economia, por conta de fatores já citados, bem como redução de gastos com água, energia elétrica e gás.  

Os acessórios certos colaboram para potencializar as vantagens da tecnologia em food service 

É essencial ressaltar que os acessórios também são muito importantes para ter agilidade, qualidade e padronização. Itens essenciais para uma operação eficiente no food service. 

Um raspador de chapa, por exemplo, permite manter sua chapa em condições higiênicas adequadas. Além disso, permite explorar a máxima potência de aquecimento, pois ela remove aquela crosta que acaba se formando que impede o contato direto dos alimentos com a chapa. 

Há, também, o fatiador que consegue fatiar legumes por inteiro em partes iguais. Aliás, perfeitamente iguais, bastando apenas um movimento do operador, agilizando muito esse processo demorado. 

Além do mais, também oferece muito mais segurança ao colaborador que, com o acessório, não necessita utilizar uma faca. 

Da mesma forma, outros acessórios vão permitir que a equipe ganhe velocidade e padronização no preparo de todos os pratos. Além disso, garantirão maior higiene e qualidade à operação – tudo o que o consumidor espera e o estabelecimento precisa para conquistar e fidelizar seus clientes. 

 

Neste artigo enfocamos três tipos de tecnologia para food service que, realmente, têm potencial para tornar seu negócio competitivo, melhorando atendimento e gerando melhores retornos.  

Contudo, para alcançar esses resultados é preciso escolher soluções adequadas às necessidades e características do seu empreendimento. E, mais do que preço, considerar a relação custo-benefício que elas proporcionam.  

É o caso, por exemplo, dos equipamentos inteligentes para cozinha industrial. Uma empresa idônea e experiente, como a Top Taylor, oferece itens de qualidade reconhecida, garantindo o alto padrão de sua operação.   

Além disso, a qualidade dos equipamentos evita problemas de quebra e aumenta a vida útil do ativo, potencializando seu investimento.  

Quer saber mais sobre os equipamentos inteligentes, uma das mais importantes tecnologias para food service? Entre em contato conosco!